Tradução de websites

7 armadilhas e melhores práticas da tradução de websites

Se você vai servir os clientes on-line em mercados globais, confira este guia de sobrevivência.

Avatar de Craig Witt
Craig Witt

29 de setembro de 2017

LEITURA DE 3 MIN.

O valor da tradução de websites torna-se muito aparente, muito rápido, quando sua empresa expande para mercados globais. Seus clientes novos não visitarão um site que não conseguem ler.

Mas a tradução de websites não é fácil. Você precisa conhecer os principais desafios e as melhores práticas do processo. Veja aqui um guia rápido de sobrevivência.

Três armadilhas a evitar

Novatos não conseguem entender os problemas que podem desviar ou desvirtuar um projeto de tradução de websites. Veja abaixo três fatos comuns que você precisa entender:

Nº 1: recursos de CMS multilíngues não são suficientes

Provavelmente seu CMS tem recursos que alegam gerenciar facilmente o conteúdo traduzido. Infelizmente, a maioria desses recursos é pouco desenvolvida. Geralmente exigem esforço e recursos imprevistos.

Por exemplo, seus CMS multilíngues raramente têm fluxos de trabalho de tradução automatizados, o que força sua equipe a gerenciar manualmente o processo de encontrar conteúdo traduzível no site, enviá-lo para os tradutores e integrar o material traduzido no website localizado.

Esse processo consome tempo, é sujeito a erros e acaba saindo caro.

Nº 2: você não considera o custo da oportunidade

Se você está pensando em usar uma equipe interna para traduzir seu site, os problemas que você herdará superarão rapidamente o custo de contratar um ótimo fornecedor de tradução de websites. Aqui estão alguns deles:

  • Contratar pessoal novo para gerenciar traduções e websites
  • Traduzir texto, imagens, metadados, conteúdo multimídia e aplicativos
  • Garantir a precisão das traduções
  • Efetuar o processo de garantia de qualidade do conteúdo traduzido quanto a problemas de design do site.

Nº 3: risco do fornecedor: maximização de gastos com tradução

A escolha de um fornecedor é por si um tipo especial de campo minado. Fazer parceria com um fornecedor com décadas de existência parece algo seguro, mas essas empresas geralmente operam usando modelos de negócio antigos.

Isso significa que elas geram receita cobrando por palavra traduzida. Elas têm pouco ou nenhum incentivo para reduzir seus custos.

Baixo preço de tradução por palavra também é um risco. Preços baixos podem resultar em baixa qualidade de tradução ou podem desviar sua atenção de custos ocultos associados à revisão e administração de projetos.

Quatro melhores práticas a adotar

Escolher o parceiro de tradução certo não é tão difícil quanto parece, se você se lembrar de que a meta é eliminar a carga e as despesas de tradução e manutenção do site dos ombros de sua equipe de marketing. Os bons fornecedores fazem isso sem sacrificar a qualidade, a velocidade, a flexibilidade e a economia de custo da tradução.

Nº 1: escolha uma solução que minimize a complexidade e o custo

Com tanto em jogo, é essencial escolher uma abordagem de tradução de websites que proporcione uma experiência de alto nível para seus clientes globais, sem sobrecarregar sua equipe interna.

As soluções de tradução de websites baseadas em proxy podem fazer isso. Elas operam independentemente de seu website, tornando a tradução e operação livre de esforços de sua parte. As melhores soluções também são flexíveis, permitindo que sua equipe de marketing se envolva no processo apenas na medida desejada.

Nº 2: suporte à tradução multicanal

Os esforços de marketing de sua empresa vão muito além de seu website, abrangendo mídias sociais, e-mail, feeds de produtos, documentos off-line e outros.

Seu fornecedor deve oferecer serviços de tradução omnicanal que forneçam qualidade de tradução e consistência em todos os canais. Deve também ter API e outras soluções disponíveis para permitir que você envie conteúdo multicanal para tradução a qualquer momento que você desejar.

Nº 3: suporte à localização

Embora a tradução tradicional seja uma ótima maneira de atender clientes globais, traduções e nuances culturais específicas da região, chamadas localizações podem ser um grande impulso para engajamento e conversões. Elas aumentam a probabilidade de sua marca ser plenamente entendida e aceita.

Se você deseja transmitir a autenticidade de sua marca para novos clientes, usar uma solução que utilize localizações faz uma grande diferença.

Nº 4: suporte a todo conteúdo do site e de terceiros

Poucas coisas podem ser tão prejudiciais ao seu esforço de globalização quanto uma experiência com "idiomas misturados" em um website localizado, com parte do conteúdo sem tradução. Coloca em questão o compromisso da marca com os mercados globais, bem como sua competência.

Pode até criar problemas para você com agências regulatórias locais que podem exigir que determinados conteúdos sejam apresentados de forma específica.

Os bons fornecedores de tradução estão cientes desses problemas, e não podem traduzir apenas todo o conteúdo de seu website principal, mas também o conteúdo que "reside" em servidores de terceiros ou em aplicativos, arquivos de imagem ou metadados.

Conclusão

É fundamental escolher um ótimo fornecedor, cuja solução evite as armadilhas comuns da tradução de websites e incorpore as melhores práticas.

Os melhores fornecedores de tradução eliminam o seu esforço e oferecem traduções de alto nível em todos os seus canais de marketing.

Avatar de Craig Witt
Craig Witt

29 de setembro de 2017

LEITURA DE 3 MIN.

Continue a aprender

Veja aqui algumas informações pertinentes que poderão lhe interessar