"Shopping centers fantasmas" chineses apresentam oportunidades para empresas on-line
 
Avatar de Chris HutchinsPor: Chris Hutchins
01 de julho de 2015

"Shopping centers fantasmas" chineses apresentam oportunidades para empresas on-line

Os compradores chineses estão abandonando os shopping centers em massa e cada vez mais estão procurando na internet por produtos e preços melhores. Mas há esperança para as marcas ocidentais.

 

Más notícias no setor varejista tradicional chinês podem significar boas notícias para empresas em expansão que desejam se conectar a clientes chineses.

De acordo com um recente artigo na revista de negócios on-line Nikkei Asia Review, a China está experimentando uma queda acentuada na ocupação de imóveis destinados ao varejo, o que pode significar uma importante mudança nos hábitos de compra dos consumidores chineses.

Os consumidores chineses cada vez mais procuram on-line produtos e preços melhores do que os oferecidos por lojas físicas, e consequentemente grande parte deles está abandonando os shopping centers. O resultado? "Shopping centers fantasmas", informa em tom preocupante o artigo da Nikkei Asia Review.

Um shopping center de cinco andares em um movimentado distrito comercial na província Sichuan fechou de repente em maio. Ficou em atividade por menos de um ano.

A tempestade perfeita

"Shopping centers fantasmas" chineses apresentam oportunidades para empresas globais on-line

Essa mudança não afeta apenas cadeias de varejo nacionais. A cadeia Central Group está abandonando seus esforços no varejo tradicional; sua quarta e última loja será fechada em agosto, segundo o artigo. A cadeia Marks & Spencer do Reino Unido em breve fechará cinco lojas em Xangai.

Parece que os incorporadores imobiliários podem ter sido muito otimistas sobre o futuro de lojas físicas. Recentes medidas de "apertar o cinto" de instituições governamentais relativas a alguns produtos de luxo também não ajudaram.

Está claro que essas lojas físicas não conseguem concorrer com os varejistas on-line, cujos custos indiretos baixos e preços imbatíveis são grandes atrativos para compradores conscientes do orçamento.

Mas existe um lado bom: essa dramática mudança nos hábitos de compra dos chineses apresenta uma enorme oportunidade para todos os varejistas on-line, independentemente de onde estejam situados geograficamente.

A perspectiva da MotionPoint

A MotionPoint ajudou dezenas de empresas a entrar na China on-line, e aprendemos muito sobre o mercado (e seus consumidores) ao longo do caminho.

Há não muito tempo, os varejistas usavam websites para complementar seus esforços de expansão em lojas físicas internacionais. Mas os tempos estão mudando. As empresas não precisam ter presença física para vender eficazmente seus produtos e serviços.

De fato, com as opções de envio internacionais adequadas, construir lojas físicas é um empreendimento caro e arriscado, que pode ser totalmente evitado.

On-line: uma abordagem de baixo risco

Trabalhamos em estreita colaboração com diversos varejistas tradicionais que lançaram empreendimentos exclusivamente on-line na China. Essas empresas progressistas entenderam a oportunidade de mercado e os ganhos que suas marcas poderiam obter ao adotar essa abordagem de baixo custo e baixo risco.

Agora essas empresas se beneficiam das tendências culturais e econômicas atuais dos chineses, como taxas de adoção de Internet cada vez maiores e uma classe média crescente (e cada vez mais afluente). Para um varejista, as visitas chinesas aumentaram mais de 20.000%, as conversões aumentaram 12.000% e a receita disparou, aumentando mais de 85.000% depois de lançar um site localizado.

Vimos também um notável crescimento de sites chineses localizados no setor de viagens. Na verdade, representam algumas das mais altas taxas de crescimento em todos os países do mundo. Uma empresa experimentou um rápido aumento de tráfego de 73% e de 135% em conversões.

Também estamos vendo mais marcas de tecnologia, manufatura e moda investindo em websites chineses localizados.

Criar sites internacionais no idioma preferido do mercado é fundamental, mas não garante o sucesso. Um site localizado deve adotar opções de pagamento locais e considerar as normas culturais e tendências emergentes.

Suporte a opções de pagamento locais

A China tem muitas opções de pagamento. De fato, "cartões de crédito de marcas internacionais são geralmente incomuns na China - off-line e on-line", <a1>segundo a Digital River</a>, uma provedora de serviços de pagamento especializada em processamento de pagamentos internacionais. "Cartões de débito e carteiras eletrônicas tendem a ser os métodos de pagamento preferidos."

A Alipay é uma empresa de carteira eletrônica. Com 500.000 usuários, tem a maior participação de mercado da China. A MotionPoint ajudou dois varejistas a adicionar a opção de pagamento da Alipay a seus sites chineses. Foi um impulso enorme a suas taxas de conversão e receita. Em média:

  1. A taxa de conversão aumentou 217% imediatamente
  2. A quantidade por transação aumentou 33% imediatamente
  3. A receita aumentou 210%
  4. A taxa de visitas de retorno aumentou 3.614% imediatamente

Socializando

As marcas internacionais também podem se tornar rapidamente formadoras de opinião no mercado chinês. As marcas de moda estrangeiras são especialmente populares entre os chineses jovens, muitos deles seguidores de blogs e altamente engajados em mídia social.

De fato, é comum ver picos significativos no tráfego de websites chineses quando personalidades famosas da nova mídia publicam postagens sobre nossos clientes. Empresas que adotam as redes sociais regionais, como a Sina Weibo, estão experimentando aumento de tráfego e receita ano após ano. Em questão de meses, o site chinês de uma empresa recebeu 30% de todo tráfego de referência e 10% de toda a receita por meio de usuários de redes sociais.

A mensagem é clara: depois dessa queda de vendas em lojas físicas, o varejo on-line é onde a ação acontece...e continuará a acontecer. As empresas que expandem para esse mercado com um website localizado de baixo risco e otimizam sabiamente o site para que os consumidores locais se identifiquem com ele, podem ganhar muito ano após ano.

Saiba como a MotionPoint ajuda empresas como a sua a se conectarem com novos consumidores nos mercados internacionais. Fale conosco para obter mais informações ou descobrir nossa inovadora abordagem que capacita nossos clientes a obter crescimento global. Rápido.

 

Chris Hutchins

Especialista em comunicações de marketing

Chris Hutchins helps produce MotionPoint's marketing and sales materials.

 

Sobre a MotionPoint

A MotionPoint ajuda marcas de nível internacional a crescer por meio da interação e do enriquecimento das vidas dos novos clientes em mercados do mundo todo.

Muito mais que o serviço de tradução de websites mais eficiente do mundo, a plataforma pronta para o uso da MotionPoint combina tecnologia inovadora, big data, traduções de nível mundial e profunda especialização em marketing internacional. A abordagem da MotionPoint assegura a qualidade, a segurança e a escalabilidade necessárias para que você tenha sucesso em um mercado global cada vez mais competitivo, seja on-line ou off-line.

 

A plataforma líder mundial de globalização corporativa

Fale conosco