Preparação para 2016: mercados móveis emergentes
 
Avatar de Chris HutchinsPor: Chris Hutchins
10 de janeiro de 2016

Preparação para 2016: mercados móveis emergentes

O uso de smartphones em todo o mundo está alcançando níveis astronômicos. Mas onde está ocorrendo o crescimento poderoso e lucrativo? Este é nosso relatório exclusivo.

 

Ao visar oportunidades de expansão global em 2016, sua empresa deve priorizar "mercados que priorizam dispositivos móveis".

Por quê? A adoção de smartphone está atingindo níveis estratosféricos, deixando os computadores para trás. Em 2018, mais de um terço dos consumidores do mundo todo - cerca de 2,6 bilhões de pessoas - terão um smartphone. A web convencional já está sendo afetada: de acordo com dados da StatCounter, as visitas a páginas da web em navegadores de PC caíram 13% a 62% em todo o mundo. Enquanto isso, as visualizações em telefones celulares aumentaram de 31% para 39%.

Os gastos na web móvel também estão batendo recordes. O comércio eletrônico móvel está superando o comércio eletrônico tradicional em uma relação de três para um. Em questão de meses, as vendas do comércio eletrônico móvel atingirão US$ 291 bilhões em todo o mundo. É quase o triplo das vendas de 2012.

Mas onde esse crescimento de adoção e receita está ocorrendo? Quais mercados têm consumidores experientes em dispositivos móveis? Segundo informações disponíveis ao público e nossos dados exclusivos, alguns "mercados que priorizam dispositivos móveis" estão perto, mas há também grandes oportunidades de crescimento em mercados emergentes.

Hispânicos dos EUA

Os hispânicos dos EUA são considerados "usuários avançados" de dispositivos móveis pela pesquisa do Google, e adotam novos dispositivos digitais mais rapidamente que a média nacional. Quase a metade dos proprietários de smartphone hispânicos usam "principalmente dispositivos móveis", o que significa que preferem usar smartphones em vez de PC para acessar a internet. Isso é muito mais que a média não hispânica de 38%.

Esse mercado é também cada vez mais influente e afluente, representando aproximadamente 20% do mercado, tem um poder de compra de mais de US$ 1,5 trilhão.

Os analistas consideram os hispânicos um "mercado que prioriza dispositivos móveis". Existe probabilidade 1,5 vezes maior de que eles comprem meios digitais do que os não hispânicos, e também de que acessam serviços bancários móveis e de cupom mais frequentemente. (Para serviços bancários: 65% vs. 53%. Para cupons: 25% vs. 17%). Eles também adotam rapidamente pagamentos móveis. Aproximadamente 25% já usaram smartphone para fazer compras em lojas. (A média dos EUA é 13%).

Com base nas pesquisas e na experiência da Motionpoint, as empresas que engajam hispânicos falantes de espanhol por meio de dispositivos móveis, particularmente em seu idioma preferido, obtêm resultados positivos. Um cliente viu sua receita mensal aumentar 481% depois que implementamos seu site móvel em espanhol. Essa receita representa mais da metade de toda a receita gerada por meio dos diversos canais on-line em espanhol da empresa.

Seis semanas depois de ajudarmos uma companhia aérea a lançar seu site móvel em espanhol, o tráfego total do site em espanhol da empresa, tanto desktop quanto móvel, aumentou 80%. Durante o mesmo período a receita móvel em espanhol aumentou 363%. Projetamos que esse site móvel vai gerar, em receita, 379 vezes seu custo anual.

Canadenses chineses

Vimos também uma grande oportunidade para organizações que desejam se conectar aos canadenses chineses, o grupo étnico que representa os residentes do Canadá com ascendência chinesa total ou parcial. Esse mercado cada vez mais afluente e com boa formação está posicionado para um grande aumento da população.

De acordo com as taxas de imigração e nascimento previstas, a população de canadenses chineses logo explodirá em vários mercados importantes. A população atual de etnia chinesa de Vancouver, que é de 396.000 habitantes, aumentará para 809.000 até 2031, representando aproximadamente 25% da população dessa cidade.

Esse mercado tem índices altos em dispositivos móveis. Administramos sites chineses localizados para vários setores canadenses; bancos canadenses em particular. Com base em nossa análise, aproximadamente 40% de todo o tráfego proveniente desses sites é de smartphones e tablets.

Isso está de acordo com as médias canadenses. Segundo a comScore, 51% de todo o tráfego canadense on-line veio de um telefone ou tablet em 2015.

Os canadenses que falam chinês preferem conteúdo localizado a conteúdo em inglês ou francês. Eles também retornam mais frequentemente a websites localizados. A relação de páginas por visita aumenta em até 69%, e algumas taxas de conversão crescem em até 130%.

Acompanhe os mercados emergentes

Fora da América do Norte, a adoção de smartphone está disparando, particularmente em mercados emergentes. No ano passado, a China superou a marca de 500 milhões para smartphones ativos. Em alguns meses, haverá mais smartphones ativos na Índia que nos Estados Unidos. A Indonésia logo se tornará o quarto maior mercado do mundo, batendo o Japão e a Rússia no processo.

Ao final deste ano, "os EUA, o Japão e o Reino Unido, que em 2014 estavam entre os cinco principais mercados de crescimento de smartphone por valor, perderão suas posições entre os 10 melhores" para os mercados em desenvolvimento, anunciou uma empresa de pesquisa em 2014.

Até 2018, os 5 principais mercados de smartphone globais serão:

  • China: 704,1 milhões
  • Índia: 279,2 milhões
  • Estados Unidos: 220 milhões
  • Indonésia: 103 milhões
  • Rússia: 76,4 milhões

Mas isso não é tudo. Os mercados emergentes estão adotando smartphones muito mais rapidamente que os mercados maduros. Essa tendência vai continuar. Em 2018, estes são os países onde as taxas de crescimento serão mais altas:

  • Indonésia: +98%
  • Índia: +67%
  • Filipinas: +56%
  • Vietnã: +52%
  • Nigéria: +48%
  • Brasil: +48%
  • México: +46%

Em contraste, a China terá um aumento de 23% durante o mesmo período de tempo. O crescimento dos EUA aumentará 20%. Rússia, 31%.

Os mercados menores do Sudeste da Ásia já estão experimentando crescimento impressionante. Apenas no Vietnã, um dos mercados de smartphone em mais rápido crescimento, com aproximadamente 25% de aumento de público em 2015-90% dos adultos agora têm smartphones.

A América Latina também está prosperando. Com base no tráfego móvel que observamos em nossos sites localizados para clientes de comércio eletrônico, há muito engajamento. Os valor médio dos pedidos aumentou assustadoramente: US$ 143 para o México, US$ 195 para a Argentina, US$ 186 para a Venezuela.

As empresas estão notando e tentando conectar-se a esses consumidores de "mercado que prioriza dispositivos móveis". Um indicador-chave disso são os gastos com publicidade móvel, que estão aumentando em mercados emergentes. Os gastos com publicidade na internet móvel no México (outro mercado de alto crescimento) aumentaram 76% este ano, atingindo US$ 391,4 milhões.

Com as taxas de adoção globais de smartphones atingindo novos picos, como sua empresa pode engajar esses consumidores em 2016? Lançar experiências on-line compatíveis com dispositivos móveis no idioma preferido de um mercado é um ótimo começo. Entretanto, é preciso mais que tradução para mover o ponteiro.

Veja aqui algumas considerações:

Sites responsivos vs. móveis: Em nosso mundo pós-"mobilegeddon", sites compatíveis com dispositivos móveis são mais importantes do que nunca. Mas sua empresa deve lançar sites localizados com design responsivo para conectar-se a esses consumidores de "mercados que priorizam dispositivos móveis" (que se adaptam instantaneamente, otimizando sua apresentação para a tela do usuário) ou implementar um site exclusivamente móvel?

O Google recomenda um web design responsivo. Essa abordagem tem muitos benefícios, a saber: as empresas localizam os websites existentes, sem necessidade de separar equipes (ou orçamentos) para manutenção.

Mas isso pode apresentar desafios ao localizar sites para mercados emergentes. O ideal é que esses usuários internacionais, para os quais a Internet é uma experiência lenta no dispositivo móvel, experimentem conteúdo otimizado exclusivamente para telas móveis. Nessas situações, os sites móveis proporcionam resultados melhores que os sites responsivos.

Localizador de loja: se sua empresa tem presença tradicional internacional, não deixe de incluir o recurso "localizador de loja" em sua experiência móvel localizada. Com base em dados que coletamos de vários clientes de comércio eletrônico, a localização de lojas é usada com muito maior frequência em dispositivos móveis do que em computadores desktop.

Busca no site: como o tamanho da tela de smartphones (e do polegar dos usuários!) pode resultar em navegação ineficiente no site, a busca no site é fundamental para experiências móveis. Oferecer um recurso de busca no site localizado que seja preditivo ao prever as consultas de usuários, e possa considerar os erros de digitação comuns do idioma, economiza o tempo dos usuários e aumenta as conversões.

 

Chris Hutchins

Especialista em comunicações de marketing

Chris Hutchins helps produce MotionPoint's marketing and sales materials.

 

Sobre a MotionPoint

A MotionPoint ajuda marcas de nível internacional a crescer por meio da interação e do enriquecimento das vidas dos novos clientes em mercados do mundo todo.

Muito mais que o serviço de tradução de websites mais eficiente do mundo, a plataforma pronta para o uso da MotionPoint combina tecnologia inovadora, big data, traduções de nível mundial e profunda especialização em marketing internacional. A abordagem da MotionPoint assegura a qualidade, a segurança e a escalabilidade necessárias para que você tenha sucesso em um mercado global cada vez mais competitivo, seja on-line ou off-line.

 

A plataforma líder mundial de globalização corporativa

Fale conosco