Dia dos Solteiros 2015: como as marcas ocidentais se saíram?
 
Avatar de Chris HutchinsPor: Chris Hutchins
19 de novembro de 2015

Dia dos Solteiros 2015: como as marcas ocidentais se saíram?

Este ano, o Dia dos Solteiros superou todos os recordes de venda anteriores. Os varejistas e marcas ocidentais experientes observaram um grande aumento nas vendas e na receita. Leia nossas descobertas exclusivas e nossas recomendações para o Dia dos Solteiros de 2016.

 

Este artigo apareceu originalmente como publicação convidada na Multichannel Merchant.

O Dia dos Solteiros 2015 já passou, e muitos varejistas ocidentais certamente invejam o desempenho de empresas chinesas durante o evento de vendas de 11 de novembro, o maior evento de compras on-line do ano.

De fato, a escala desse evento de vendas de comércio eletrônico é algo que os compradores ocidentais mal entendem. Lembra-se das incríveis vendas do ano passado nos eventos Black Friday e Cyber Monday? Esses eventos geraram US$ 4 bilhões para os varejistas dos EUA.

Em contraste, mais de US$ 1 bilhão em produtos foram vendidos nos primeiros oito minutos do Dia dos Solteiros de 2015. Cerca de uma hora depois, as vendas tinham aumentado para US$ 5 bilhões.

Ao fim do dia, as vendas do Dia dos Solteiros passavam de $14,3 bilhões. Essa estatística representa exclusivamente as vendas geradas em mercados on-line de propriedade da Alibaba Group Holding Ltd. Não inclui os bilhões adicionais gerados em sites concorrentes, como o JD.com.

O que alimenta essa impressionante maratona de compras? Ofertas com ótimos descontos. No Dia dos Solteiros, os preços sofrem descontos de 50% ou mais para produtos que vão desde dispositivos digitais até fraldas. Sites pertencentes à Alibaba, como Tmall.com, têm a maior parte dessas vendas.

No ano passado, esses shoppings virtuais geraram $9,3 bilhões em vendas relacionadas com o Dia dos Solteiros, um aumento de 60% em relação a 2013. As vendas inesperadas de mais de US$ 14 deste ano representaram outro aumento de 60% ano após ano.

Esse feriado já não é apenas para empresas chinesas. As marcas ocidentais inteligentes estão ficando espertas e entrando em ação.

De fato, mais de 15.000 empresas globais participaram do Dia de Solteiros de 2015; muitas deles lançaram lojas em sites como o Tmall para a ocasião. Marcas icônicas como Macy's, Estée Lauder, Nike, Apple, P&G, Unilever e outras estavam lá. Empresas europeias também participaram, inclusive a loja de roupas espanhola Zara, a marca de luxo Burberry e muitas outras.

É interessante observar que nem todas as marcas ocidentais vendem seus produtos em shoppings virtuais. Muitas lançaram websites de comércio eletrônico localizados para o mercado chinês.

Várias dessas empresas são clientes da MotionPoint. Com base em nossa análise, esses sites também se beneficiam muito do fato de estarem no mercado no Dia dos Solteiros. Observamos os seguintes, e outros aumentos significativos em Nov. de 11, em comparação com a média até este momento do ano:

  • O tráfego cresceu em média 92%, em comparação com 82% em 2014
  • As taxas de conversão aumentaram 122%, em comparação com 10% em 2014
  • As vendas aumentaram 1.384%

Nosso profundo conhecimento do mercado chinês sugere que vários setores de produtos importantes crescerão exponencialmente nos próximos Dias dos Solteiros. Um deles é a categoria de produtos para "a mamãe e o bebê".

Como a China rescindiu a "regra de filho único" (agora a lei permite que as famílias tenham dois filhos), está previsto um aumento nas vendas de produtos para maternidade e cuidados infantis, especialmente para produtos com marcas ocidentais. Os consumidores chineses preferem as marcas ocidentais; de fato, os produtos Kimberly-Clark's Huggies foram dos que mais venderam no Dia dos Solteiros do ano passado. Essa preferência oferece uma oportunidade incrível para as empresas de roupas infantis e produtos para cuidados infantis entrarem no mercado chinês.

Na verdade, isso pode tirar a pressão de outras marcas. Atualmente os australianos estão tendo falta de um produto devido ao Dia dos Solteiros, já que milhões de consumidores chineses compraram leite feito na Austrália a preços com desconto.

As marcas ocidentais podem extar experimentando aumento das vendas entre compradores chineses, mas os varejistas que estão tentando gerar interesse pelo Dia dos Solteiros nos EUA não estão tendo muito sucesso.

Apesar do suporte nos EUA a potências como o Walmart, os consumidores americanos não estão sendo engajados. As vendas no Dia dos Solteiros nos EUA aumentaram 14% de 2014 a 2015, mas ainda geraram apenas US$ 1,4 bilhão. Isso é muito abaixo dos US$ 3 bilhões que os analistas projetam que o evento exclusivamente on-line dos EUA, Cyber Monday, produzirá este ano.

Operamos um website chinês localizado para um varejista baseado nos EUA que participou do Dia dos Solteiros deste ano. Nossos dados sugerem que as promoções do site geraram um aumento relativo do interesse e das vendas nos EUA, mas nada comparável ao impacto que vimos em sites no mercado continental da China.

Outro site de varejo que operamos em espanhol também promoveu vendas do Dia dos Solteiros para hispânicos nos EUA, mas esse site não experimentou nenhum aumento mensurável de vendas. Isso sugere que o Dia dos Solteiros pode ser um evento de comércio eletrônico exclusivamente chinês, atingindo muito mais compradores em busca de pechinchas de algumas culturas do que outros.

Por mais institucionalizado que pareça, o Dia dos Solteiros não é um feriado formal. Suas raízes remontam aos campi universitários chineses da década de 1990, quando era comemorado em oposição ao Dia dos Namorados. Em 2009, a Alibaba deu ao dia o nome "Double 11," incentivando os solteiros a gastar mais em itens com desconto. O resto é uma história de sucesso de marketing.

De fato, este ano a antecipação pelo evento na China atingiu o pico bem antes de 11 de novembro. A hashtag #Double11# já aparecia na rede social chinese Weibo há mais de um mês, gerando bilhões de impressões.

De acordo com a Alibaba, 80% de todos os compradores on-line chineses participaram do Dia dos Solteiros, gerando aproximadamente 120.000 pedidos a cada minuto. Aproximadamente 70% das vendas foram realizadas em dispositivos móveis, em comparação com 40% em 2014.

E embora o total de vendas no Dia dos Solteiros - US$ 14,3 bilhões - seja realmente incrível, ainda representa uma mera fração do poder de compra on-line da China. No ano passado, os consumidores chineses gastaram mais de US$ 450 bilhões on-line. Esse número aumentará para US$ 1 trilhões até 2018.

 

Chris Hutchins

Especialista em comunicações de marketing

Chris Hutchins helps produce MotionPoint's marketing and sales materials.

 

Sobre a MotionPoint

A MotionPoint ajuda marcas de nível internacional a crescer por meio da interação e do enriquecimento das vidas dos novos clientes em mercados do mundo todo.

Muito mais que o serviço de tradução de websites mais eficiente do mundo, a plataforma pronta para o uso da MotionPoint combina tecnologia inovadora, big data, traduções de nível mundial e profunda especialização em marketing internacional. A abordagem da MotionPoint assegura a qualidade, a segurança e a escalabilidade necessárias para que você tenha sucesso em um mercado global cada vez mais competitivo, seja on-line ou off-line.

 

A plataforma líder mundial de globalização corporativa

Fale conosco